A criança de 2 anos

Uma vez que a criança tenha atingido a idade de 24 meses, ela já sabe que pertence àquela família. Ela ainda não sabe expressar muito bem os seus sentimentos e desejos, mas passa a ter uma noção de propriedade.

Essa idade é um dos momentos em que o bebê fica ainda mais difícil de controlar. Ele tem episódios de egoísmo, como não querer emprestar os brinquedos, por exemplo. Além disso, a criança consegue reconhecer mais facilmente as pessoas, os objetos e suas respectivas utilidades.

O bebê de 24 meses

É importante ressaltar que os responsáveis precisam ainda de mais atenção ao falar perto da criança, visto que, nessa fase, elas repetem tudo o que ouvem.

Desenvolvimento

A partir desse momento, os responsáveis deverão se concentrar em seus aspectos psicológicos e educativos, sem deixar de lado outros desenvolvimentos.

A partir dos dois anos, a criança pode apresentar momentos de indecisão, como por exemplo: querem comer tudo de uma só vez e fazem pirraça diante de uma negativa. Devido a isso, podem se jogar no chão quando os pais não dão o que querem.

Nessa fase, a criança nota que pode influenciar o ambiente em que está inserida, seja por desobediência ou indiferença em relação aos demais. Isso pode acontecer sobretudo quando com o responsável que a criança tem mais proximidade. Em determinadas situações, ela pode se agarrar à roupa da mãe, querer levar determinado brinquedo aonde quer que vá.

Ainda nessa perspectiva, a criança pode desenvolver comportamentos que produzam prazer, como chupar o dedo ou puxar fios de cabelo. Essas atitudes não devem preocupar os pais. Ao contrário, eles devem manter uma atitude calma e serena diante da criança. Os pais não devem sucumbir aos caprichos da criança, visto que, dessa forma, ela entenderá como artifício para conseguir tudo que quer.

Alimentação

A criança já pode comer de tudo. Lembre-se que a alimentação deverá conter todos os tipos de nutrientes, desde que alergias não tenham se manifestado. O ideal é que o filho tenha sido habituado desde pequeno a comer cereais integrais, visto que eles são ricos em vitaminas e sais minerais, além da fibra.

Carne, peixes e ovos são alimentos ricos em ferro e proteínas. Além disso, os três são muito eficazes no combate à anemia. Quanto à presença de carne vermelha e branca, elas possuem conteúdos semelhantes em ferro e proteínas.

O peixe é muito bom para o desenvolvimento da criança, mas crustáceos e mariscos devem ser evitados. Isso se dá porque são deficientes de substâncias nutritivas e podem causar infecções. Embora ovos e legumes sejam alimentos ricos em proteínas, opte por cozinhá-los.

Bem-estar

Não há uma idade exata para introduzir aparelhos eletrônicos na vida do bebê. Entretanto, sugere-se que, até os dois anos, sejam evitados. Dependendo da programação televisiva, o desenvolvimento intelectual da criança pode ser impactado e/ou se tornar dependente.

Aconselha-se que os responsáveis fiquem por perto quando as crianças estiverem assistindo à televisão, bem como acompanhar a programação. Verifique se o conteúdo é adequado para a faixa etária acima de tudo.

Entretenimento

Nessa idade, a criança pode querer dividir a atenção com os brinquedos, desenhos e aparelhos eletrônicos. Caso o responsável não tenha tempo hábil de ficar com a criança, coloque um DVD do desenho preferido ou algum documentário.

Caso queira, você pode fazer uma brincadeira para ensinar a criança a identificar sons e sua origem. Para tal, você pode colocar cubos de gelo em um pote e pedir que ela preste atenção ao barulho. Em seguida, sacuda um sino e/ou chocalho. Por fim, toque a campainha. Após ela ouvir todos esses sons, diga que é a voz dela e peça para ela adivinhar o que é e de onde vem.

Sono

Aos vinte e quatro meses, o bebê costuma precisar de cerca de onze horas de sono durante a noite e duas de cochilo durante o dia.

Nessa fase, ainda pode acontecer de a criança acordar assustada durante a noite. Embora possa ser necessário os pais ficarem ao seu lado durante um tempo, evite levá-la para cama. Faça o máximo para evitar esse hábito.

Emoções

A criança é capaz de correr, mas ainda não consegue parar repentinamente. Ela consegue andar em linha reta e na ponta dos pés. Já consegue andar em linha reta, pular nos dois pés, subir e descer escadas com o auxílio do corrimão e se levantar sem ajuda.

Ainda nesse seguimento, a criança de dois anos consegue dominar um número limitado de palavras, que são ditas de forma clara. Ela sabe o nome de alguns objetos da casa e é capaz de reconhecê-los em outros ambientes.