O bebê de 18 meses

A criança de dezoito meses é extremamente agitada e gosta de brincar com outras crianças.

O bebê de 18 meses

Nessa faixa etária, é normal que ela não queira mais ficar no carrinho e prefira andar rua afora. Nesses casos, lembre-se de segurar firme a mão e/ou braço da criança.

Desenvolvimento

Seu filho já tem um ano e meio. Agora ele já se sente mais seguro para correr, embora tropece de vez em quando.

A criança é capaz de sentar e de se colocar de pé com facilidade, sem mencionar que ela já consegue subir as escadas se segurando no corrimão.

Nesse momento, ela consegue fazer rabiscos em um papel, beber água com firmeza e folhear um livro. Durante esse período, os principais progressos das crianças versam acerca das capacidades adquiridas e da evolução da agilidade.

É fundamental ir periodicamente ao pediatra, acompanhar o crescimento da criança e seguir todas as recomendações para que ela tenha uma alimentação adequada. Nessa fase, também, diversas vacinas devem ser administradas.

Alimentação

Aos dezoito meses, a criança usa colher para se alimentar sozinha. Portanto, é fundamental que sejam estabelecidos hábitos saudáveis de alimentação desde os primeiros anos. Tais práticas evitam maus costumes e hábitos alimentares equivocados.

Ainda nessa perspectiva, é de suma importância que a criança se sente à mesa com o restante da família e coma os mesmos alimentos, mediante a condição de serem adequados para a sua idade. É fundamental que, nesse momento, a criança se sinta parte da família.

Sugere-se que a televisão esteja desligada e aparelhos eletrônicos fiquem longe do alcance da criança durante as refeições. Uma vez que esses hábitos são adotados desde a infância, a hora de se alimentar fica menos difícil.

Sono

Os problemas com sono são muito comuns nessa idade. Usualmente, a criança acorda cedo e sorridente. Isso pode indicar que ela se sente descansada e está pronta para mais um dia cheio de descobertas.

Quando a criança de dezoito meses dorme mal ou não descansou o suficiente, ela pode querer ficar um tempo maior na cama.

Embora a criança durma por volta de doze horas durante a noite, uma sesta após o almoço ainda é necessária.

Entretenimento

Nessa fase, a criança gosta de brincar, escrever e rabiscar. Diante disso, sugere-se que seja um quadro branco seja adquirido. Ou, caso queira, compre uma mesa de plástico e deixe por lá diversos papeis, canetas e giz de cera. Em paralelo a isso, os pais devem orientar que paredes não devem ser rabiscadas e sim usar os materiais que estão ao alcance dela.

Uma vez que essa idade tenha sido atingida, a criança já se reconhece em fotos. Dessa forma, também é possível mostrar outras pessoas e entreter a criança. Além disso, a criança também se sente apta a montar um quebra-cabeça de poucas peças. Nesse sentido, busque uma imagem bem colorida e peça para ela montar. A cada acerto, comemore a capacidade de raciocínio do filho que está em desenvolvimento.

A criança de dezoito meses fica impressionada com os sons que os animais emitem. Sendo assim, deixe que elas assistam desenhos coloridos, sobretudo que contenham esses sons, visando identificar quem são eles.

Bem-estar

A criança com essa idade quer brincar a todo momento e, por isso, não deve ser deixada sozinha. Considerando que elas estão na fase da descoberta, a todo momento buscam gavetas que possam abrir ou lugares que possam escalar. Além disso, visando o bem-estar e segurança do seu filho, caso estejam em um lugar que tenha piscina e/ou banheira, os cuidados devem ser redobrados.

Ainda nessa perspectiva, busque distanciar o sofá e cadeiras de janelas e varandas. Caso haja, coloque rede de proteção. Eles podem inocentemente subir para olhar o dia e cair.

Nessa idade, a criança adora receber e dar beijos e abraços calorosos. Isso pode se estender aos brinquedos e bichos de pelúcia. Com o objetivo de estimular ainda mais a fala, pergunte se eles têm nome e, caso não tenham, diga para escolherem juntos.

Emoções

Aos dezoito meses, o bebê dá início à construção da autoconfiança e independência e, diante disso, quer desempenhar algumas tarefas sozinho. Para esses casos, aconselha-se que algum responsável esteja presente, ainda que ao longe, quando a criança estiver usando um copo de vidro, por exemplo.

Tendo em vista que ele já possui brinquedos favoritos, comece a conversar com a criança sobre empréstimo de brinquedos. Diga a ela o quanto isso é importante e, em paralelo a isso, estimule a sociabilização e o contato com o outro.

O contato com outras crianças acentua ainda mais o aprendizado de condutas sociais. Nesse sentido, o convívio com outras crianças pode ajudar na construção e afirmação da própria identidade.