15 semanas de gestação

Spread the love

Na 15ª semana de gravidez, seu bebê já tem tato! Seu desenvolvimento está dependente do início da atividade dos receptores de sensibilidade cutânea dos dedos. Nessa semana o seu bebê está começando a sentir a sensação do toque e ele está descobrindo todo um mundo novo de novas percepções com esse novo sentido surgindo.

Treino de sucção começa com o líquido amniótico

Assim que nasce, o bebê tem o instinto natural de mamar. Contudo, essa habilidade é treinada e desenvolvida ao longo de toda a gestação. O início dos exercícios de sucção começa agora e o líquido amniótico é usado como substituto do leite. E o mais interessante de tudo: ele consegue sentir o sabor!

Fique bem atenta a pequenos movimentos: podem ser soluços

Algumas mães já conseguem sentir alguns movimentos do bebê, mesmo que, às vezes, eles possam ser confundidos com gases. Talvez até você possa acordar durante a noite com algum movimento mais animado. Se, em algum momento, a mamãe sentir uma impressão bem suave, curta e regular, podem ser soluços. Mas o soluço não acontece apenas devido à existência de ar? A resposta é não. A traqueia, como tantos outros órgãos, precisa exercitar-se e, nesse caso, mesmo preenchida de líquido, ela se movimenta como se de um exercício respiratório se tratasse.

Braços e pernas continuam crescendo

Todas as articulações estão operando. Braços e pernas estão se desenvolvendo e agora é o momento de eles começarem a se dimensionar corretamente. Os dedinhos já têm unhas totalmente formadas.

Menino ou menina?

Está ansiosa por saber o sexo do bebê? Se você estiver com ultrassonografia marcada para essa semana e se o profissional não tiver medo de arriscar, talvez você já consiga ter informações do sexo. Os órgãos genitais estão desenvolvidos o suficiente para poderem ser distinguidos, apesar de não haver 100% de certeza ainda.

Seu filho consegue ver diferenças do dia e da noite
Incrível não é? Mas é verdade: o feto começou agora a desenvolver sensibilidade à luz e dentro da barriguinha ele consegue distinguir diferentes luminosidades.

Exames médicos mais complexos já podem ser feitos

Mulheres com idade superior a 35 anos ou pertencendo a grupos de risco para problemas congénitos são indicadas e direcionadas para fazer alguns exames médicos adicionais. Se existir alguma deformação do feto, ela pode ser detectada com um exame designado por amniocentese.

Síndrome de Down e outras síndromes análogas podem também ser detectadas com esse exame e testes complementares. Fique tranquila: são casos extremamente raros e o seu médico será o seu melhor parceiro para orientá-la e informá-la.

O bebê já brinca!

E sabe qual é o brinquedo com o qual ele faz a maior farra? O cordão umbilical: ele aperta, puxa e toca nele vezes sem conta.

Os inconvenientes sintomas de gravidez fazem parte do passado

Sabe aquele desconforto e mal-estar constante que fizeram você suspeitar da gravidez? Pois bem, esses sintomas fazem parte do passado. Nesse momento você vai viver a fase mais bela da gestação.

A barriguinha já está bem pronunciada, você ganhou algum peso, mas nada que possa fazê-la sentir-se incomodada, e é um orgulho exibir esse estado de alma! Sinta-se bonita, pois é assim que os outros estão vendo você. Aproveite o sol e o ar livre sempre que possível e viva cada momentinho dessa fase tão especial.

Não fique ansiosa se ainda não sentiu o bebê mexer

Existe uma inquietação, mais do que justificada, para sentir o movimento do bebê. Essa é, realmente, uma sensação única. Contudo, o momento em que essa experiência ocorre pela primeira vez, varia muito de mulher para mulher, se é ou não a primeira gravidez, entre outros fatores.

Não fique pensado nisso o tempo todo e se distraia com outras coisas. Em alguns casos, só na 20ª semana de gestação se sentem os primeiros movimentos. Fale com seu médico se algo a estiver estressando.

Cuide do seu sistema imunitário

A gravidez não protege contra nenhuma doença e por isso é tão importante a gestante cuidar de si com atenção redobrada. A grávida está mais propensa ao contágio de infecções, resfriados, etc.

Procure um nutricionista especializado em gestação e comece uma dieta rica em alimentos que fortaleçam o seu sistema imunitário. Se continuar a sentir-se sonolenta, ouça o seu corpo: dormir e comer de forma equilibrada são comportamentos essenciais para se manter saudável.