25 semanas de gestação

Spread the love

Um dos sentidos mais importantes está finalmente num estágio de desenvolvimento quase final. Os olhinhos, que até aqui permaneciam fechados, amadurecendo o seu funcionamento, estão agora prontos para abrir. Claro que o ambiente que circunda o seu bebê nesse momento ainda é muito escuro, mas ele precisa treinar o abrir e fechar das pálpebras.

A visão está totalmente a postos para poder conhecer o mundo maravilhoso fora da barriga da mãe. Ainda vai demorar algum tempo até que ele chegue lá fora, mas enquanto isso os treinamentos serão intensos. O grau de desenvolvimento é tão elevado que ele pode até chorar! Existe algo mais perfeito que a natureza?

Cor dos olhos ainda não está definida

Apesar de ele já conseguir abrir e fechar as pálpebras, isso não quer dizer que a cor dos olhinhos já seja a definitiva. Normalmente, e até ao nascimento, a coloração ocular é azulada. A pigmentação ainda vai demorar várias semanas após o parto para se definir definitivamente.

Peso a aproximar-se de um quilo

Na 25ª semana, em média, seu bebê pode atingir mais ou menos 750 g. Ele, a cada dia que passa, está mais forte e, de agora em diante, seu crescimento será ainda mais visível.

Sono está começando a regular

Um pouco ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, a regulação do sono começa a ser feita ainda dentro da barriga da mãe. Durante a gestação, o feto dorme, descansa e recarrega as baterias para a sua atividade e desenvolvimento.

A partir da 25ª semana de gestação, os mecanismos de regulação do sono começam a funcionar a grande velocidade, pois ainda existe muita coisa para apurar até ao nascimento. Isso não quer dizer que, após o nascimento, o bebê vá saber distinguir, na perfeição, o dia da noite, e as sestas da brincadeira. Na verdade, são os mecanismos de regulação que estão treinando e, para adquirir uma rotina de sono coincidente com o descanso de um adulto, ainda serão precisos vários meses após o nascimento.

Cordão umbilical mais resistente

Nem o cordão umbilical escapa do processo de amadurecimento. Ele necessita estar bem resistente para o nascimento e essa força é alcançada nessa semana. É possível observar também um espessamento do cordão. Seu bebê está ficando muito forte!  O cordão umbilical agora é grosso e resistente.

Cuidados especiais com a coluna da mamãe

O centro de massa da gestante já não é mais o mesmo. Ela precisa equilibrar a barriguinha e, nesse processo, as costas podem ressentir-se. Não deixe o cuidado com a sua coluna e musculatura envolvente para segundo plano.

É fundamental que você continue praticando atividades suaves, mas que favoreçam a postura correta. Algumas gestantes podem mesmo vir a sofrer de dor ciática. Esse problema é altamente limitante e precisa de cuidados médicos redobrados.

Decoração do quarto do bebê pode começar

Talvez o quarto do seu bebê já esteja montado faz tempo. Se esse não é o seu caso, talvez essa seja a altura ideal. Você ainda tem bastante tempo pela frente e a ideia de ter um bebê é cada vez mais real. O quarto do bebê é, talvez, um dos preparativos mais queridos pelos pais.

Contudo, é importante que lhes seja fornecida uma informação relevante e sobre a qual os pais de primeira viagem não estão devidamente informados. Você pode estar fazendo mil e um planos, mas a probabilidade de o seu filho(a) ficar no seu quarto durante os primeiros meses de vida é elevada. Como tal, paralelamente à preparação do quartinho, promova também um ambiente confortável para acolhê-lo em seu quarto durante a noite. Pense, acima de tudo, no seu bem-estar e no do bebê.

É importante começar treinando a sua respiração para o parto

Durante o parto, a respiração é fundamental para que todo o processo ocorra da forma mais natural possível. Contudo, na hora, desde que a equipe e você respeitem os tempos da natureza, seu corpo saberá o que fazer. Não obstante, preparar sua mente e toda a sua bagagem emocional para o momento do nascimento é fundamental.

Infelizmente, sempre surge alguém para contar uma história mirabolante sobre o parto da vizinha de uma amiga. Não se deixe sugestionar por esses comentários e se conecte com a sua natureza! Que tal se inscrever em aulas de yoga para gestantes? Os exercícios de respiração irão ajudá-la a estar tranquila e a se conectar com o mais importante: o seu bebê.