O bebê de 2,5 meses

Spread the love

Continuando nossa aventura pelo mundo mágico do bebê, vamos acompanhar sua evolução a partir dos dois meses e meio.

Agora, sim, a caminho do terceiro mês de vida, ele já está liberado oficialmente para dar passeios mais longos e até fazer pequenas viagens.

O bebê de 2,5 meses

Passou o período de maior preocupação e adaptação ao “novo mundo”. Nessa fase, ele começa a perceber as outras pessoas além da mamãe: o papai, a vovó, o irmãozinho, a cuidadora. 

É a fase dos sorrisos mais constantes. Ele já aprendeu a sorrir de alegria e distribui sorrisos para todos que o rodeiam, em resposta a brincadeiras e estímulos. Estimule-o ao máximo. Mesmo novinho, essa é uma fase de grandes conquistas e mudanças em seu comportamento.

Veja agora os cuidados que você deverá ter com ele nos próximos quinze dias.

Peso e estatura do bebê de 2,5 meses

Preocupada em saber se seu bebê está com peso e estatura dentro do esperado? Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, quanto mais idade o bebê tiver, menos peso ele ganhará a cada mês. Por isso, nada de se assustar com pequenos ganhos de massa corporal no seu filhote.

Espera-se que ele ganhe no primeiro semestre, 600 gr por mês, o que equivale a 20 a 30 gr por dia.

Assim, considera-se os seguintes valores para um bebê de 2,5 meses a 3 meses de idade:

  Estatura Peso Perímetro cefálico
Meninos 61,4cm 5,6 kg a 6,1kg 39 cm
Meninas 60 cm 5,2 kg a 5,9kg 38 cm
       

Alimentação do seu bebê de 2,5 meses

Nessa fase, a criança continua precisando somente do leite materno. Nada de suco, chá, ou água, pois seu aparelho digestivo ainda está em formação.

Pelo mesmo motivo, o bebê de dois meses e meio ainda sofre com cólicas, deixando a mamãe preocupada e ansiosa.

É importante que você saiba que esta fase vai passar. Para aliviar, faça massagens circulares em sua barriguinha e mantenha-o próximo ao calor de seu corpo. O bebê precisa se sentir cuidado e nada substitui a presença da mãe nesse momento. Também não se preocupe se ele ficar, nessa fase, até dois dias sem evacuar. É perfeitamente normal nesse período de adaptação do organismo a suas funções.

Cuidados da mamãe que amamenta

Alguns hábitos e alimentos estão proibidos nessa fase de aleitamento: fumo, bebidas alcoólicas e remédios controlados devem ser evitados. Tudo que você ingere passa para o leite e pode prejudicar o seu bebê. Oriente-se sobre isso com o seu médico.

Bancos de leite: doar é um ato de amor

Se você já tentou de tudo, mas ainda produz pouco leite, a opção é recorrer a bancos de leite para alimentar o seu bebê. Já se o seu caso é leite em abundância, que tal ajudar outras crianças? Procure um hospital ou posto de doação. Lá o leite materno é pasteurizado e doado para bebês que precisem de reforço.

O banho do bebê dois meses e meio

O banho é um dos momentos mais gostosos do dia para o bebê, pois, além do contato com a água morna ser relaxante, ele fica feliz com a atenção da mãe ou outra pessoa.

Use sabonetes próprios, pois a pele do bebê é muito sensível e fininha. Não demore muito no banho para a água não esfriar e converse com ele durante todo o tempo. 

Para proteger contra assaduras, experimente uma pasta d’agua caseira feita de maisena, polvilho e água fria. Passe no bumbum do neném após o banho, já depois de seco e a cada troca de fralda.

Banhos de sol

Banhos de sol são importantes para o desenvolvimento do seu bebê, sempre na hora permitida, de sol mais brando. Tire a roupinha dele para arejar a pele e estimular a absorção da vitamina D, que fortalece seus ossos e musculatura.

Escovação antes do primeiro dentinho?

Saiba que a higiene da boquinha do bebê começa antes da chegada dos primeiros dentinhos. Após a mamada ou sempre antes de dormir, passe um pano úmido (paninho de boca) na gengiva e língua do bebê. Lave bem sua mão antes de iniciar o processo.

Dica

Passear de carro é uma maneira gostosa de relaxar para os bebês que têm dificuldade de pegar no sono. O carro em movimento é ótimo para embalar o bebê. Experimente.

Desenvolvimento do seu bebê de 2,5 meses a 3 meses

Cada vez mais percebendo o ambiente e as pessoas à sua volta, seu bebê nessa fase está se mostrando mais ativo. Anote algumas mudanças e conquistas que você irá perceber:

  • Sorri mais, com estímulos ou não.
  • Manifesta alegria, tensão ou irritação, agitando e encolhendo as perninhas e sacudindo os braços.
  • Já consegue mudar facilmente de posição na cama e rolar para o lado.
  • Segue com o olhar o movimento das pessoas e sons.
  • Brinca com as mãozinhas, que não ficam mais tão fechadas.
  • Apresenta mais força nos braços e segura com firmeza objetos leves.
  • Toca o rosto das pessoas, especialmente da mamãe.
  • Tudo que pega, leva à boquinha, pois, na fase oral, a boca é fonte de prazer e exploração.
  • Se colocado de bruços, levanta a cabeça de forma mais firme, apoiando-se nos braços. Ele quer saber o que acontece à sua volta.
  • Sua cabecinha se mantém erguida mais tempo.
  • Emite sons diversos, tentando “conversar”.

Maneiras de estimular seu bebê de 2,5 meses a 3 meses

  • Brinque com ele – Tire um tempo do dia para brincar e estimulá-lo com movimentos, exercícios e conversas. Faça isso somente quando ele estiver relaxado, pois, se estiver com sono ou fome, poderá ficar irritado.
  • Use brinquedos coloridos e com sons, mas não muito barulhentos ou complexos. Evite excesso de informações visuais.
  • Converse muito com ele – Para que seu bebê aprenda a relação entre palavras e ações, aponte para ele objetos, brinquedos e partes do corpo, nomeando-os: bo-la, ur-si-nho, ma-mãe, ne-ném, pezinho. Assim ele aprende que palavras e pessoas têm nomes.
  • Cante para ele enquanto realiza atividades: trocar fralda, dar banho etc. Ele irá prestar atenção ao som e ao movimento de seus lábios.
  • Brinquedos com música são bem-vindos nessa fase para estimular a audição.
  • Troque o móbile sempre de posição para estimular o exercício da visão e para mudar o ambiente.
  • Dê colo, mesmo quando ele não pede – Ele precisa do aconchego da mãe, do pai e familiares. Sentir o calor de outro corpo é prazeroso e o faz se sentir protegido. Não deixe para dar colo só quando ele chorar, porque ele vai ficar condicionado a chorar para receber atenção.

Dica

Sempre que estiver fazendo alguma atividade: trabalho, arrumação, cozinhar, lavar louça, mantenha o bebê próximo, acomodado em um “bebê conforto” e converse com ele enquanto trabalha. Ele vai gostar de participar e retribuirá com diversos sons e sorrisos.

No mês dois, atenção em dobro

Nessa fase em que seu bebê está mais ativo, se virando ou puxando panos e objetos que estejam mais próximos, é preciso redobrar a atenção para evitar acidentes. Cuidado com fios e cordões no berço ou no pescocinho dele. Jamais o deixe muito tempo sozinho. Todo cuidado é pouco pela segurança do seu bebê.