32 semanas de gestação

Spread the love

Agora que chegamos à 32ª semana de gestação, estamos na reta final e, mais rápido do que você é capaz de imaginar, seu lindo bebê estará em seu colo. Prepare-se, porque os dois últimos meses são recheados de mudanças:

As mudanças no corpo da mamãe na 32ª semana de gestação

  • Ganho de peso: a partir do 8º mês de gestação, é comum que a futura mamãe ganhe mais peso do que estava habituada, podendo chegar a 1 kg por semana, embora o comum seja 500g;
  • Contrações de treinamento: já sentiu a barriga ficando dura, um leve desconforto e, de repente, tudo volta ao normal? É provável que sejam contrações de treinamento. Elas ocorrem na maioria das gravidinhas e não são motivo para preocupação, já que demonstra que seu corpo está se preparando para o grande momento;
  • Altura uterina: a altura uterina tem os centímetros correspondentes às semanas. Assim, nessa semana a altura deve estar entre 31 e 33 cm;
  • Placenta grau 1 ou 2: na 32ª semana de gestação, o comum é que a placenta esteja no grau 1 ou 2. Assim que atingir o grau 3, significa que o bebê está prontinho para nascer!

Como evitar desconfortos e melhorar a qualidade de vida

  • Pezinhos nervosos: os chutes são maravilhosos de se sentir, mas às vezes podem incomodar e até mesmo doer. Quando isso acontecer, deite-se de lado, passe a mão na barriga e converse com o bebê, incentivando-o a se mover;
  • Pés inchados: não tem como evitar: à medida que as semanas passam, suas extremidades vão ficando mais e mais inchadas. Para diminuir o desconforto, aposte em muita água e fuja de refeições muito salgadas. É bom evitar passar muito tempo numa mesma posição e procurar manter os pés elevados quando estiver sentada ou deitada;
  • Caminhadas: a menos que você esteja proibida por ordem médica, exercícios como caminhadas são excelentes para a preparação do corpo para o parto, além de mantê-la mais calma nessa fase de grande irritação e estresse. Chame uma amiga, o marido e aproveite as últimas semanas de barrigão.

O que está acontecendo com o bebê nessa semana?

  • Tamanho: na 32ª semana de gestação, o bebê mede cerca de 42 cm da cabeça até os pés e pesa entre 1700g e 2200g. Se ele está um pouco fora desse padrão não há com o que se preocupar, mas um grande desvio pede uma consulta médica;
  • Testículos no lugar: os testículos formam-se no tronco, mas nessa semana já desceram para o saco escrotal. Se você estiver grávida de um menino, é claro;
  • Posição: se ele já não estiver na posição cefálica, é possível que isso ocorra nessa semana. Calma, ele ainda tem um tempo para se posicionar da melhor forma para o parto normal;
  • Cabelos: se o seu bebê for cabeludo, já dá para vê-los perfeitamente pelo ultrassom nessa fase. Alguns aparelhos permitem até mesmo medir o comprimento deles;
  • Audição afiada: dá pra acreditar que seu bebê já reconhece sua voz? Então, já sabe: se sentir que ele está agitado demais, converse para acalmá-lo;
  • Formação do mecônio: as primeiras fezes do bebê já estão se formando, a partir do líquido amniótico que é engolido continuamente;
  • Vérnix: sabe a camada branca de gordura que os bebês apresentam logo ao nascer? Ela se chama vérnix e, nesse momento, está cobrindo e protegendo a pele do bebê;
  • Nascimento prematuro: se o apressadinho resolver nascer agora, ele tem grandes chances de conseguir sobreviver sem aparelhos, embora seu sistema respiratório não esteja completamente maduro.

O que fazer durante esse período

  • Visitar mais o médico: até agora, você tinha consultas uma vez ao mês, se sua gestação não for de risco. A partir desse 8º mês, terá que consultar uma vez a cada 15 dias, em média. No último mês, as consultas passam a ser semanais;
  • Lavar as roupinhas: Sim, sabemos. Você já queria ter lavado há tempos, antes de a barriga estar tão grande, mas é bom deixar para o final da gravidez, para evitar o acúmulo de poeira. Peça ajuda ou delegue essa função a uma pessoa próxima e aproveite o cheirinho de bebê;
  • Exercícios de Kegel: se o parto normal está nos seus planos, continue apostando nos exercícios de Kegel para aumentar a elasticidade do canal vaginal. Você pode fazer em qualquer lugar: basta contrair os músculos vaginais por alguns segundos e soltar, várias vezes ao dia;
  • Conhecer o hospital: se ainda não fez isso, esse é o momento! Conhecer as instalações onde você passará alguns dias é fundamental para que a tensão diminua;
  • Programar rotas para o hospital: não deixe para a última hora. Tenha uma rota preferencial e ao menos uma alternativa, para que o bebê não acabe nascendo no carro, caso o trabalho de parto ocorra em horários de pico;
  • Aproveitar os chutes: em breve, o espaço no útero ficará tão limitado que seu bebê passará a se movimentar cada vez menos. Com isso, os chutes também diminuem drasticamente. Portanto, aproveite enquanto consegue senti-los! Acredite: você sentirá muita falta;
  • Ir a aulas de parto: informe-se na recepção dos hospitais sobre a existência desse tipo de aula. Não se esqueça de levar seu parceiro e tirar todas as dúvidas que ainda tiver.

Dicas para o parceiro nessa semana

  • Esteja presente nas consultas: agora que a frequência das consultas aumentou e a reta final da gestação chegou, sua presença se torna ainda mais indispensável;
  • Interaja com o bebê: assim como ele já reconhece a voz da mamãe, também reconhece a sua! Leia uma história, cante para ele, conte as coisas que pretende fazer quando ele nascer… Fortalecer esse vínculo o mais cedo possível é fundamental.

Tudo certo com vocês nessa 32ª semana de gestação? O bebê ainda está se mexendo bastante ou está apertadinho no útero? A ansiedade está a mil ou ainda está tranquila? Compartilhe com a gente: