26 semanas de gestação

Spread the love

Seu bebê está tão sensível que ele não só pode ouvir claramente uma música, como também pode experimentar algumas sensações físicas de resposta.

Quer isso dizer que se, por exemplo, a batida da música for suficientemente forte, o ritmo cardíaco sofre alterações reagindo a esse estímulo. Por esse motivo, é tão importante promover momentos tranquilos e de harmonia. Seu bebê sempre estará alinhado com sua mãe e clima envolvente.

Pulinhos periódicos na barriga? Está tudo certo!

O feto começou a soluçar há várias semanas, mas sua percepção disso é cada vez mais real. Os soluços acontecem devido à ingestão de líquido amniótico e você pode sentir esse movimento do diafragma dele com bastante frequência.

Não fique preocupada em momento algum, muito pelo contrário: usufrua ao máximo cada alteração, cada movimento, cada sinal de comunicação.  No entanto, a regra é sempre a mesma: se você sentir que algo não vai bem e ficar assustada com algum evento, procure imediatamente seu médico obstetra.

Peso muito próximo de um kilo

Na 26ª semana, em média, seu bebê pode atingir mais ou menos 900 g. A prematuridade, caso alguma intercorrência aconteça, é cada vez menos preocupante. Claro que é crucial a existência de assistência médica de qualidade e suporte à vida da mais alta tecnologia. Contudo, as chances de sobrevivência aumentam exponencialmente à medida que cada semana passa.

Mãozinhas esculpidas ao pormenor

Os membros já estão posicionados faz tempo, mas os pormenores continuam sendo desenhados. As linhas da mão estão surgindo como um caminho longo a percorrer. Nunca é demais para agradecer por essa dádiva.

Força muscular e sincronia de movimento cada vez maiores

Claro que o feto ainda não tem controle sob os seus movimentos e não consegue fazê-los de forma refletida ou estruturada. A verdade é que, mesmo após o nascimento, o surgimento de movimento síncrono e equilibrado levará longos meses até estar totalmente operacional.

No entanto, nessa semana, o bebê começa a ter força suficiente para agarrar nas mãos e nos pés! Se você tiver alguma sorte e algum ultrassom próximo agendado, talvez até seja possível vê-lo brincando com o cordão umbilical. Parece mentira, não é mesmo? Mas não é: ele é, de fato, muito fofo e em momentos pontuais ele pode até estar sugando o dedinho da mãe. Haja coração que aguente essa delicia!

Cuidados redobrados com a pressão arterial

Com o passar das semanas, é possível que a gestante experimente alterações na sua pressão arterial. Claro que, em situações normais, essas variações são comuns e não são precisos cuidados médicos acentuados. No entanto, o monitoramento de todas as variáveis físicas da gestante é essencial.

Qualquer modificação na saúde deve ser controlada e, em caso de algum problema, o diagnóstico precoce é fundamental para o tratamento adequado. No que diz respeito à pressão arterial, um alimentação cuidada e atividade física apropriada solucionam facilmente a questão. Descanso redobrado também é indicado.

Meu deus, tenho uma estria!

Ainda não é sinal de alarme! Ainda há muito tempo para hidratar convenientemente a sua pele e impedir que o problema tome proporções maiores. No entanto, se uma ou outra estria surgir, não há necessidade de entrar em pânico. É natural que, com a gestação, o corpo da mulher se altere e algumas imperfeições surjam.

Você pode e deve se cuidar, investir em cremes pensados especialmente para grávidas e, acima de tudo, estar de bem com a vida. Beber bastante água também vai ajudá-la a passar por essa fase de uma forma mais saudável. Contudo, tão importante quanto tratar do seu corpo, é não viver nenhum tipo de obsessão em relação a ele. As mudanças ocorrem e o melhor é acolhê-las e vivê-las em toda a sua plenitude.

Nada de saltos altos!

Pode até ser que as suas costas estejam suportando muito bem todas as alterações de peso e equilíbrio do corpo, mas não há necessidade de abusar da sorte. Um salto alto é elegante e confere sempre um toque de requinte, mas a sua beleza natural já está bastante acentuada. Evite qualquer tipo de calçado não confortável. Invista em sapatilhas e rasteirinhas. É possível que o seu número de pé esteja um pouco acima do normal e isso também não é motivo para preocupação.

Você está grávida, mas não precisa estar alegre o tempo todo

Claro que é uma fase maravilhosa, claro que você está em êxtase com tanta novidade, mas calma! Não é necessário que a gestante esteja constantemente feliz e irradiando boas energias. O seu corpo está se alterando e muitas vezes você não tem mais controle sobre certos eventos. Isso pode deixá-la desesperada e não há problema algum com isso. Alterações de humor são comuns e você não precisa se culpar por isso. Permita-se a estar triste quando necessário!

Azia, outra vez?

Infelizmente faz parte do processo. É comum ocorrerem dores de estomâgo, problemas de digestão e excesso de acidez. Seu bebê está enorme, já parou para pensar? É possível que ele esteja comprimindo todo o seu aparelho digestivo e isso acaba se refletindo em você e no seu bem-estar.

Caso o desconforto assuma proporções tais, que comprometa refeições e uma alimentação de qualidade, consulte o seu médico. Alguns medicamentos podem ajudá-la a passar por esse problema de forma mais tranquila.